Google Adsense Topo
educação

SAEB: Estudantes de Conde participam de avaliação da educação básica

Dos alunos regularmente matriculados nas 14 turmas de 9º Anos, serão avaliados 344 alunos do 5º Ano, de 6 Escolas Municipais:

22/10/2019 21h37
Por: valdemir Zilan
Fonte: Secomd
15

Estudantes matriculados na rede municipal de ensino de Conde, estão participando das aplicações das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). De acordo com informações da secretaria de Educação, o maior desafio é garantir que nenhum aluno falte a avaliação do SAEB. Os dois primeiros dias de prova tiveram frequência de 100% dos estudantes.

“O IDEB é calculado, também, a partir do percentual mínimo de participação, que, nesse ano, é de 80% de todos os alunos aptos a realizarem a prova. Contudo, estamos em constantes diálogos, tanto com a secretaria de Administração e a Coordenadoria de Transportes, para que não tenhamos nenhum aluno a menos, pois, na última avaliação do IDEB, as maiores escolas municipais de Conde (Noêmia Alves, João Ribeiro, Manoel Paulino e José Mariz não tiveram seus IDEBs contabilizados, justamente por conta da infrequência dos alunos no dia da avaliação)”, disse o Secretário Adjunto de Educação, Júnior Caroé.

O objetivo da avaliação é diagnosticar a educação básica do país e contribuir para a melhoria da qualidade, oferecendo subsídios concretos para a formulação, a reformulação e o monitoramento das políticas públicas voltadas para a educação básica. O SAEB também mede o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) das redes municipais, estaduais e federal de todo o país, que considera o desempenho dos alunos no SAEB e os dados de fluxo escolar do Censo Escolar, fornecendo indícios sobre a qualidade do ensino ofertado.

Até o dia 30/10, 946 estudantes, de 38 turmas, dos 5º e 9º Anos da Rede Municipal de Educação estarão fazendo as avaliações de língua portuguesa e matemática (comum para as turmas de 5º e 9º Anos) e ciências humanas e da natureza (apenas para as turmas de 9º Anos).

Em Conde, de acordo com os dados estabelecidos e divulgados pelo Ministério da Educação, do IDEB 2017, o município ainda apresenta um grande déficit de aprendizagem, o que se caracteriza numericamente pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica Municipal. Atualmente, Conde encontra-se nas seguintes posições: 155ª posição (de 219 municípios avaliados), nos anos iniciais, e, 204ª posição (de 209 municípios avaliados), nos anos finais, levando em consideração todos os 223 municípios paraibanos.

 

Dos alunos regularmente matriculados nas 24 turmas de 5º Anos, serão avaliados 602 alunos, de 16 Escolas Municipais:

 

•          Dia 21/10

Abelardo Alves - Boa Água (35 alunos)

Ovídio Tavares - Mituaçu (16 alunos)

 

•          Dia 22/10

Manoel Paulino - Pousada (48 alunos)

 

•          Dia 23/10

Noêmia Alves - Centro (180 alunos)

José Albino Pimentel - Ipiranga (37 alunos)

 

•          Dia 24/10

João Ribeiro - Conceição (118 alunos)

João Carneiro - Mata de Chica (16 alunos)

Marino Eleotério - Barra de Gramame (13 alunos)

 

•          Dia 29/10

Geni Rufino - Ademário Régis (28 alunos)

 

•          Dia 30/10

José Mariz - Jacumã (47 alunos)

Maria Eunice do Egito - Rick Charles (13 alunos)

Reginaldo Claudino - Dona Antônia (30 alunos)

 

Dos alunos regularmente matriculados nas 14 turmas de 9º Anos, serão avaliados 344 alunos do 5º Ano, de 6 Escolas Municipais:

 

•          Dia 22/10

Manoel Paulino - Pousada (28 alunos)

Lina Rodrigues - Gurugi (36 alunos)

 

•          Dia 23/10

Noêmia Alves - Centro (123 alunos)

 

•          Dia 24/10

João Ribeiro - Conceição (53 alunos)

 

•          Dia 28/10

Noêmia Alves - Centro (50 alunos)

 

•          Dia 29/10

Geni Rufino - Ademário Régis (14 alunos)

 

•          Dia 30/10

José Mariz - Jacumã (40 alunos)

 

IDEB - O IDEB agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações em larga escala do Inep a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O índice varia de zero a 10 e a combinação entre fluxo e aprendizagem tem o mérito de equilibrar as duas dimensões: se um sistema de ensino retiver seus alunos para obter resultados de melhor qualidade no SAEB ou Prova Brasil, o fator fluxo será alterado, indicando a necessidade de melhoria do sistema. Se, ao contrário, o sistema apressar a aprovação do aluno sem qualidade, o resultado das avaliações indicará igualmente a necessidade de melhoria do sistema.

O IDEB também é importante por ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) para a educação básica, que tem estabelecido, como meta, que em 2022 o IDEB do Brasil seja 6,0 – média que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Alhandra - PB
Atualizado às 06h59
27°
Poucas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 23°
28°

Sensação

18.3 km/h

Vento

58.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
Arranha-céu
Adsense Sessão Política
Municípios
Banner Sessão Esportes
Últimas notícias
Banner Sessão Entretenimento
Mais lidas