supermercado 1 topo
Esportes

Em rodada de clássicos, Palmeiras assume liderança, Santos atropela o Vasco e Inter bate o Cruzeiro

Foi praticamente o jogo de um time só

12/05/2019 21h33Atualizado há 2 semanas
Por: Carlos Silva
Fonte: Globo Esporte
33

Vitória e liderança

Decisivo na campanha do título nacional de 2018, Bruno Henrique voltou a viver uma tarde inspirada neste domingo. Com dois belos gols, o volante comandou a vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado faz o Verdão roubar a liderança do Galo e acabar com os 100% de aproveitamento do adversário.

 

Melhores Momentos: Atletico-MG 0 x 2 Palmeiras

 

 

Classificação

Com três vitórias e um empate, o Palmeiras ocupa a primeira colocação, com dez pontos. O Santos tem a mesma pontuação, mas perde no saldo de gols (sete contra cinco). O Atlético-MG aparece em terceiro, com nove. Veja aqui a tabela e a classificação completa do Brasileirão!

 

Primeiro tempo

Com velocidade, o Palmeiras começou melhor a partida no Mineirão e criou a primeira boa chance, aos oito minutos. Deyverson recebeu passe de Raphael Veiga livre na área, mas chutou para fora. O Atlético-MG demorou a entrar no jogo e teve dificuldade na criação. A única oportunidade surgiu aos 22 minutos, em chute de Réver que Weverton espalmou. Os mineiros ainda pediram um pênalti de Bruno Henrique em Igor Rabello, mas Anderson Daronco mandou seguir. Aos 42, o Verdão quase abriu o placar. Felipe Melo lançou, Marcos Rocha desviou e Dudu bateu com muito perigo à esquerda. No lance seguinte, aos 43, o gol alviverde. Bruno Henrique recebeu de Veiga na entrada da área e soltou uma bomba no ângulo esquerdo de Victor.

 

Bruno Henrique comemora o primeiro gol

Bruno Henrique comemora o primeiro gol (Foto: Twitter/Mineirão)

 

Segundo tempo

O Palmeiras continuou melhor depois do intervalo e não demorou a ampliar a vantagem. Aos sete minutos, Dudu recebeu pela direita e tocou na entrada da área para Bruno Henrique. O volante bateu com categoria, sem chance de defesa para Victor no canto esquerdo. O técnico Rodrigo Santana colcou Nathan e Alerrandro para tentar mudar o comportamento atleticano. De nada adiantou. O Palmeiras continuou controlando bem as tentativas do rival, não sofreu sustos e ainda foi perigoso nos contra-ataques com Zé Rafael e Hyoran.

 

Jogadores do Palmeiras comemoram o segundo gol

Jogadores do Palmeiras comemoram o segundo gol (Foto: Tossiro Neto)

 

Recorde alviverde

Com a vitória em Belo Horizonte, o Palmeiras chega a 27 jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, sua maior sequência na história do torneio. A última derrota alviverde foi para o Fluminense, por 1 a 0, dia 25 de junho do ano passado, no Maracanã, resultado que derrubou o técnico Roger Machado. Anteriormente, o Verdão havia ficado 26 duelos sem perder entre os anos de 1972 e 1973.

 

Bruno Henrique comemora o segundo gol com Deyverson

Bruno Henrique comemora o segundo gol com Deyverson (Foto: Giazi Cavalcante / Estadão Conteúdo)

 

O Santos passeou no Pacaembu neste domingo. Com ótima atuação e diante de um Vasco perdido e com Vanderlei Luxemburgo ainda no camarote, o Peixe venceu fácil por 3 a 0 e se cansou de perder chances. Pituca, Rodrygo e Soteldo marcaram os gols que colocaram a equipe de Jorge Sampaoli na liderança da competição empatado com o Palmeiras - mas perdendo no saldo de gols. Já o Cruz-Maltino segue na lanterna com apenas um ponto em quatro jogos.

Rodrygo comemora gol Santos x Vasco

Rodrygo comemora gol Santos x Vasco (Foto: Marcos Ribolli)

 

90 MINUTOS

Foi praticamente o jogo de um time só. O Santos foi superior durante os 90 minutos e poderia ter conseguido um placar ainda mais elástico. O primeiro tempo, principalmente, foi um passeio. O Vasco não se encontrou no esquema com três zagueiros e errou demais na saída de bola. Os gols de Pituca e Rodrygo nasceram assim. Um dos poucos ataques resultou no gol anulado (pelo VAR) de Maxi López, mas foi só. A mudança no esquema cruz-maltino para o segundo tempo melhorou a atuação dos cariocas, mas o Santos seguiu soberano. E perdendo gol atrás de gol. Soteldo fez o terceiro após linda jogada de Rodrygo. Mas o próprio venezuelano, Sánchéz e Jean Mota perderam chances claras. Foram ainda duas bolas no travessão e uma na trave. Uma tarde em que deu tudo certo para o Santos e tudo errado para o Vasco.

 

Sánchez Soteldo Santos x Vasco

Sánchez Soteldo Santos x Vasco (Foto: Marcos Ribolli)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 06h12
24°
Poucas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 24°
24°

Sensação

6.4 km/h

Vento

87.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
300x600 lateral
300x250 1 lateral
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas