Google Adsense Topo
Seminário

Seminário sobre ações do Inventário Cultural marca o início das comemorações pelos 56 anos de emancipação política de Conde

Durante o seminário, foram apresentadas as instituições que farão parte desta nova etapa

16/11/2019 08h22
Por: valdemir Zilan
Fonte: Secomd
16

Dando início as comemorações pelos 56 anos de emancipação política do município, a Prefeitura de Conde promoveu na tarde desta quarta-feira (14), no Centro de Criatividade Professor Iveraldo Lucena (Núcleo de Cultura), o Seminário “Inventário Cultural de Conde; Cultura e Participação Social, que trata das ações que estão sendo desenvolvidas deste o processo de catalogação das diversas manifestações culturais da região e apresentar a nova etapa do Inventário, que será a pesquisa realizada com apoio de diversas instituições.

            “Estamos iniciando os festejos pelos 56 anos de emancipação política de Conde e como é bom poder iniciar esta festa com algo tão importante que á o Inventário Cultural. Este equipamento é como uma árvore genealógica e resgata toda a cultura e essência dos agentes culturais do nosso município. O Conde tem uma diversidade cultural muito rica, desde os quilombos as tribos indígenas, das benzedeiras as parteiras, das artesãs as mestras das lapinhas, tudo isso precisa ser preservado e fortalecido e o inventário vem para nos dar esse suporte e trabalhar as políticas públicas direcionadas a cultura local”, destacou a prefeita Márcia Lucena.

            A Orquestra Filarmônica de Conde abriu o evento, apresentando diversas canções conhecidas do público. O grupo é formado por meninos e meninas do município, estudantes da rede municipal de ensino e que participam das oficinas de artes oferecidas pelo Núcleo de Cultura. Em seguida, o Grupo Doido de Teatro, do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Conde), trouxe o manifesto cênico “Mulher ao Sol”, inspirado na obra de Juan Miró e dirigido pelo professor Neuri. A encenação é toda protagonizada pelos usuários e usuárias do Centro.

            A assessora cultural e coordenadora do Inventário, Rejane Nóbrega disse que “este é um processo inédito aqui em Conde. Catalogar todas as expressões artísticas e culturais do município, oferecer oficinas de formação para a população, trabalhar a pesquisa sobre o que é o inventário com os alunos e alunas, tudo isso faz parte dessa ferramenta que vai fortalecer ainda mais as manifestações culturais da cidade. Desde 2017 quando iniciamos as oficinas, catalogamos as parteiras, as lapinhas, benzedeiras, cirandas e locais muito importantes que precisam ter sua história fortalecida como as casas de farinha e a Igreja matriz que é um marco na criação do Conde”, afirmou.

            Durante o seminário, foram apresentadas as instituições que farão parte desta nova etapa do Inventário que será o processo de pesquisa. A Funetec, Iphaep, Iphan, IFPB, UFPB e Secult, serão os apoiadores neste novo ciclo de trabalho. O processo de pesquisa abordado pelo Iphan irá abordar a participação popular, que além de estabelecer o diálogo com as pessoas, vai também trabalhar a possibilidade de criação de políticas públicas direcionadas exclusivamente para as ações de cultura no município.

            A Professora Doutora Luciana Chianca, convidada para proferir a palestra “Inventário Cultural Como Ferramenta de Políticas Públicas”, afirmou que este tipo de atividade fortalece a identidade cultural de uma cidade, que por muitas vezes, acaba sendo perdida com o passar dos anos. “O Inventário é uma linda atividade, mas que deve ser feita com muito cuidado e responsabilidade, e este cuidado e dedicação são visíveis aqui no Conde. Um município com uma diversidade cultural como tem o Conde precisa deste cuidado especial e que vem para que seja fortalecida ainda mais as expressões artísticas e culturais existentes em todo o território”, disse.

            O Inventário Cultural é um instrumento de preservação, que busca identificar as diversas manifestações culturais e bens de interesse de preservação da natureza material e imaterial de uma localidade. O evento marcou as comemorações dos 56 anos de emancipação política de Conde. No próximo sábado (16), a partir das 06h, na Praça Pedro Alves, tem início a parte festiva, com passeio ciclístico e o Louva Conde. No domingo, dia 17 de novembro acontece a Missa em Ação de Graças, na Igreja São João Batista, em Jacumã, entrega de obras, feira de trocas e shows musicais na Praça Pedro Alves, a partir das 17h com o Aulão de Zumba com o Zin Magno Ribeiro, BK Estilizado, Encontro de Repentistas, José Orlando e Danieze Santiago.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Alhandra - PB
Atualizado às 09h59
31°
Poucas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 23°
33°

Sensação

21.6 km/h

Vento

53.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Arranha-céu
Adsense Sessão Política
Municípios
Banner Sessão Esportes
Últimas notícias
Banner Sessão Entretenimento
Mais lidas